14 de maioDia de Conscientização da Doença Celíaca destaca os impactos do glúten na saúde

Em Natal, a nutricionista e empresária Lilian Lins realiza a I Rodada de Conhecimento sobre glúten com diversos profissionais da área da saúde

No próximo dia 16 de maio, o mundo voltará sua atenção para a conscientização sobre a doença celíaca, uma condição que afeta milhões de pessoas globalmente e que ganha destaque pela sua importância na manutenção da saúde. Para a nutricionista Lilian Lins, especialista no assunto, é possível comer de forma saudável com algumas substituições.

No Brasil, segundo o Conselho Nacional de Saúde, estima-se que cerca de dois milhões de indivíduos enfrentam os desafios dessa doença autoimune, que exige uma alimentação específica. “O glúten, uma proteína presente em cereais como trigo, cevada e centeio, pode desencadear reações adversas em pessoas com doença celíaca, danificando o revestimento do intestino delgado e prejudicando a absorção de nutrientes essenciais”, explica Lilian.

A nutricionista ainda destaca que isso pode levar a uma série de sintomas gastrointestinais, incluindo dor abdominal, inchaço, diarreia e até mesmo complicações de saúde mais sérias a longo prazo.

De acordo com estatísticas oficiais, a prevalência da doença celíaca tem aumentado significativamente nos últimos anos, e estima-se que cerca de 1% da população mundial seja afetada por essa condição. No Brasil, dados do Ministério da Saúde indicam que aproximadamente um em cada 100 brasileiros sofre com a doença celíaca, o que ressalta a importância de campanhas de conscientização e educação sobre o assunto.

Este é o caso de Ione Simonetti, que é celíaca, e foi diagnosticada em julho de 2021. Após a confirmação da doença, Ione passou por algumas mudanças de hábitos e sofreu com sintomas de outras doenças como vitiligo e osteoporose.

“Passei a buscar no meu dia a dia priorizar alimentos livres de glúten, seja para refeições em casa ou na rua. Apesar de ser desafiador, encontrei no restaurante de Lilian, o Kale do Bem, um espaço livre de glúten, sem contaminação cruzada na cozinha, e que proporciona uma variedade que nem sempre tenho em casa”, explica Simonetti.

O Dia de Conscientização da Doença Celíaca, também é uma oportunidade crucial para disseminar informações precisas sobre a condição, promover a compreensão e o apoio às pessoas afetadas e incentivar a adoção de uma alimentação sem glúten. Lilian Lins acredita que este “também é um momento para destacar os desafios enfrentados por aqueles que vivem com a doença, desde a dificuldade em encontrar alimentos adequados até os obstáculos sociais e emocionais associados”.

Rodada de Conhecimento
Pensando em formas de difundir noções básicas de cuidado com a saúde para celíacos, profissionais de saúde e demais interessados no tema, a nutricionista Lilian Lins, proprietária do Kale do Bem – primeiro fast-food 100% livre de glúten do nordeste – promoverá a ‘I Rodada de Conhecimento do Kale: transtornos do trato gastrointestinal e Doença Celíaca’.

O evento, que acontece dia 16/05 às 18h30, na unidade do bairro Petrópolis do Kale do Bem, contará com a participação de médicas, nutricionista e uma tricologista. O objetivo é formar um painel de especialistas que vão destrinchar o tema e oferece soluções para um dia a dia mais saudável.

“Essa rodada de conhecimento é a realização de um sonho para mim. Sempre desejei a oportunidade de levar mais conhecimento sobre o tema para todas as pessoas interessadas. Acredito que será um momento muito rico, no qual os participantes vão conhecer mais sobre o glúten, formas e a importância de substituí-lo, além de tirarem dúvidas com especialistas de várias áreas”, finaliza Lilian.

Para saber mais ou realizar a inscrição, os interessados podem acessar o link: https://bit.ly/RodadaKaledoBem.