05 de junhoSão João Neves resgata autêntico forró nordestino

Pé-de-serra, arrasta-pé e bate-chinela são algumas das variações dadas ao tradicional forró nordestino. Devido à sua importância para a cultura popular brasileira, o Colégio Nossa Senhora das Neves resgata a história do ritmo mais tocado no período junino sexta-feira (9) e sábado (10), em programação diversificada, por meio do São João Neves. Este ano, a festa é chancelada sob o tema “Do forrobodó ao forrozão: Neves, 85 anos de animação”.

Para fazer bonito na festa, alunos estudam as tradições dos festejos juninos, como a religiosidade, a diversidade das roupas e acessórios, as comidas típicas, danças, brincadeiras e, em especial, aprendem a tocar instrumentos que remetem ao estilo musical ensinado pelo mestre Luís Gonzaga.

“Não podemos deixar o forró das antigas morrer. Por isso, reforçamos a importância do gênero musical para a nossa cultura, com atividades lúdicas em sala de aula”, afirma a coordenadora pedagógica Eufrásia Medeiros.

Programação

Na sexta-feira (9), a festa tem início às 15h com a abertura dos portões. Às 16h, acontece a procissão dos santos juninos no interior da escola. Em seguida, os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental I à 3ª série do Ensino Médio entram em cena no Ginásio Madre Fidélis, com momentos dançantes, além da quadrilha junina.

Às 18h, começam as apresentações das bandas de forró convidadas pelo Centro Cívico Escolar Madre Auxiliadora Nóbrega de Almeida (CCE-MANA) no Ginásio Madre Alberta Garimbert (Caveirão). As atrações são Forró Estribado e Giannini Alencar que, com sua sanfona, promete animar o público.

No sábado (10), é a vez de as crianças da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I cantarem e dançarem o autêntico forró nordestino. O primeiro bloco começa às 16h com os alunos do berçário e níveis I, II, III. Às 17h30, os responsáveis por fazer a alegria dos pais são os alunos dos níveis IV, V, 1º ano. Em seguida, às 19h30, quem agita o público são as turmas do 2º ao 5º ano.