25 de maioViolinista coreano é convidado internacional do projeto Quartas Clássicas

O solo do violino entoado pelo músico coreano Edwin Kim entrará em harmonia com os acordes da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte (OSRN), em mais uma edição do projeto Quartas Clássicas. Com patrocínio do Morada da Paz, Cosern e Unimed, o Teatro Riachuelo recebe no próximo dia 31 de maio, às 20h, o terceiro concerto da temporada 2017.

Desempenhando um papel importante na música sinfônica mundial, o musicista desembarca em Natal prometendo um concerto inspirador, profundo e emotivo. Referência no virtuosismo musical, Edwin atuou em diversas orquestras renomadas como as Orquestras Sinfônicas de Biel, Gotinga, Praga, Sul do Arizona, a Orquestra de Câmara de Praga e a Orquestra Filarmônica de Regensburg. Também apresentou inúmeros recitais e concertos de câmara na Alemanha, Áustria, Polônia, Espanha, Itália e Reino Unido.

Além de ser vencedor de inúmeros concursos internacionais de música, o solista é artista da Marlies Wagner Management, Áustria e WCN. Nascido em Seul, na Coreia do Sul, ele se formou com diversas honrarias na Escola Superior de Artes de Seul e também na Universidade Nacional de Música de Viena, na Áustria, e na Universidade Nacional de Música de Hannover, na Alemanha. Atualmente ele é professor de violino na Universidade de Hanyang, em Seul.

Os interessados no concerto que promete ser um dos melhores da temporada podem fazer a reserva prévia do primeiro lote entre os dias 24 e 25 de maio, em formulário disponível no site da OSRN – www.orquestrasinfonicadorn.com.br. Cada CPF cadastrado dará direito a dois ingressos. O segundo lote será distribuído para o público no dia 31 de maio, a partir das 12h, na bilheteria do Teatro Riachuelo. Os interessados deverão apresentar seu CPF na bilheteria. Cada pessoa terá direito a retirar até dois ingressos.

O projeto Quartas Clássicas conta com patrocínio do Cemitério e Crematório Morada da Paz, da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), por meio da Lei Câmara Cascudo do Governo do Estado, e da Unimed Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão da Prefeitura Municipal de Natal, além de apoio do Teatro Riachuelo, Restaurante Camarões, Poti e La Cachete. A realização do projeto é da Fundação José Augusto e da Mapa Realizações Culturais.